domingo, 28 de maio de 2017

Jihad Islâmica contra as Filipinas: a Jihad é global! (Estado Islâmico)


As Filipinas, um país cristão, que nunca fez nada contra os muçulmanos, está sendo atacada. Bem, o crime da Indonésia é não aceitar Alá e Maomé e se recusar a se converter ao islamismo. Esta recusa representa "descrença" que, segundo o Alcorão, é pior do que matança.

Entenderam? Fazer a chacina de não muçulmanos é algo melhor do que recusar o islamismo.
Alcorão (2: 191) "E matai-os onde quer que você os encontreis. E expulsai-os de onde vos expulsaram. A fitnah [descrença] é pior do que a matança ... " 
Alcorão: 8: 39 "Então, lute contra eles até que não haja mais fitnah (descrença [não muçulmanos]) e todos submetam-se apenas à religião de Alá  (no mundo inteiro)."
E ainda existem as punições:
Alcorão 5:36 “O castigo, para aqueles que lutam contra Alá e contra o Seu Mensageiro e semeiam a corrupção na terra, é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo”. 
Pois bem, as Filipinas tem 5% da população formada por muçulmanos, a maioria morando no Sul (próximo da Indonésia), na província de Mindanao. Lá, grupos jihadistas têm operado, afiliando-se a Al-Qaeda, e agora ao Estado Islâmico. De onde vem o dinheiro para comprar armas? Bem. Considerando que os jihadistas são wahabis, e que o wahabismo vem da Arábia Saudita e países do Golfo ... .

É, parece que 5% já  é o suficiente para jihad armada.

Pois bem, agora um grupo chamado Estado Islâmico de Lanao está combatendo tropas do exército filipino nas ruas da cidade de Marawi. O presidente filipino, Rodrigo Duterte, declarou lei marcial e estado de emergência.

Cristãos, claro, tem sido o alvo preferido dos covardes psicopatas de Alá. Um padre católico foi sequestrado junto com 13 membros da sua congregação. O chefe de polícia foi degolado e prédios foram queimados. Existe também notícia que os jihadistas atacaram a prisão e soltaram os presos, para aumentarem a sua tropa. Prédios têm sido queimados (Independent, Aleteia)

Fotos oriundas da mídia social dão conta do que está acontecendo e podem ser vistas neste link: https://www.rt.com/news/389618-islamic-state-chaos-philippines-social/

Cidadões fogem de Marawi

O Estado Islâmico afirma ter conquistado a cidade de Marawi. O governo filipino nega e promete esmagar os jihadistas (Duran)

Presidente Duterte envia e helicópteros de ataque para retomar Marawi dos jihadistas ligados ao Estado Islâmico - com vídeo (RT).

Exército afirma ter resgatado 78 reféns, e matado 13 jihadistas (RT).

Estado Islamico controla tráfego em uma ponte

Filipinas: jihadistas do Estado Islamico estão matando pessoas à tiros por não conseguirem recitar versos do Alcorão (Daily Mail).

Reportagem de TV CGTN America
93% da população das Filipinas é de cristãos, 1% de Budistas, 2% professa o animismo e o xamanismo, 1% de ateus, ou seja, menos de 3% professa o islamismo, e já é o suficiente para que militantes do ISIS sunitas provoquem o caos no país. A ordem do presidente Duterte é que as FFAA atirem para matar qualquer um que pareça suspeito, apareça com a bandeira do ISIS e que ameace os cidadãos das Filipinas. Ele decretou Estado de Emergência e a Lei Marcial em todo o país.
https://youtu.be/_ZPIGriDGFo OK

Estado Islâmico libera filme mostrando a execução de 6 cristãos nas Filipinas (Actual, 15 de junho)

Filme mostra a destruição de igreja em Marawi
https://youtu.be/Dch-j9Vc39Q OK


Nenhum comentário: