terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Vergonha: TV Cultura dá voz a ativista pró-islâmica (pró-palestina) para vomitar uma versão distorcida da história recente no Oriente Médio


Escrevam para a TV Cultura (http://fpa.com.br/centralderelacionamento/).

"Para Jornalismo TV Cultura.

Por favor, não convidem mais a "professora de história" Arlene Clemesha, uma ativista pró-islâmica tendenciosamente anti-Israel, para opinar sobre o conflito no Oriente Médio. Convidem alguém se seja ponderado ou então duas pessoas, com visões conflitantes para defenderem os dois lados. É dever de vocês mostrarem integridade jornalística e convidarem algum especialista de verdade para contra-argumentar a propaganda exposta por esta "professora de história." "

1. "Professora" Clemesha distorce a história na TV Cultura, usando o "mapa da mentira":


2. O mapa da mentira desmascarado:
https://www.facebook.com/LeiIslamicaEmAcao/photos/a.725748914118143.1073741828.725178184175216/2214531165239903/




3. O conflito entre Israel e Islamismo (palestinos) é fácil de entender: 

https://www.facebook.com/LeiIslamicaEmAcao/videos/2215020221857664/


4. Jornalista árabe: Israel é uma realidade e um exemplo a ser seguido!


Jornalista do Kuweit Abdallah El Delek afirma, em entrevista na TV árabe, que Israel é legítimo e reconhecido por todos os países que não sejam ditaduras (citando a Coréia do Norte, que não reconhece Israel ... mas o mesmo ocorre com a maioria dos países com maioria populacional muçulmana. Ele inclusive afirma que os árabes deveriam se aliar a Israel e aos EUA contra o Irã e o Hezbollah.



5. A verdade sobre Jerusalém

"O Islã é a religião da paz. Qualquer violência que acontece a culpa é do Trump."

Paul Joseph Watson fala sobre EUA reconhecem Jerusalem e sobre as reações hipócritas e inconsistentes dos anti-semitas que são contra Jerusalém ser reconhecida como capital de Israel. Ele fala sobre os presidentes dos EUA (Clinton, Bush e Obama) terem feito promessa de campanha para instalar a Embaixada dos EUA em Jerusalém, e sobre as decisões do Congresso dos EUA para sobre isso. Ele também fala sobre a afirmação que a decisão do presidente Trump irá provocar violência, como se violência já não existisse. Na verdade, tudo é pretexto para o islamismo radical promover violência e baderna. Mas, mas ... o islã não é a religião da paz? 


https://www.bitchute.com/video/nuYVip2A7ARc/




4 comentários:

Anônimo disse...

Vc não passa de um agente sionista, um dos milhares que propagam a desinformação da elite judaica que comanda os dois lados imperialistas, os capitalistas e comunistas, desde a Segunda Guerra, onde um holoconto virou dogma que usa força da lei pra intimidar quem procura a verdade. Por isso o nacional-socialismo é tão caluniado,injustiçado e criminalizado até hoje. A Maior História Jamais Contada, parte 20: https://youtu.be/BSc5LCjinzk

Meu nome é Paulo Freitas e essa acadêmica pode também ser vítima da desinformação, mas sobre a Palestina ela está corretíssima.

Anônimo disse...

Continuando, para não me chamar de antissemita, racista ou neonazista, aqui os judeus ortodoxos protestando contra o estado sionista de Israel, falando verdades sobre sua convivência com os muçulmanos antes da sua criação: https://m.youtube.com/watch?v=fBsemwK4DJc

Judeus dos campos, desmentem o holocausto: https://m.youtube.com/watchv=tO9MUmTbwTI

Trecho do documentário DIFAMAÇÃO A Industria do antissemitismo, onde uma senhora judia fala verdades sobre os judeus que vivem fora de Israel: https://youtu.be/tGJF91GxvMw

Ainda tem os crimes de guerras dos assassinatos em massa pelos Aliados em Dresden, a pesquisa do judeu David Cole sobre o Holocausto, então pare de defender esse estado terrorista e mentiroso que é Israel! Por Paulo Freitas


Anônimo disse...

Terminando, quem comete crimes de ódios, racismo e sectarismo são os judeus em Israel, israelenses contra os imigrantes africanos, nota, não são vagabundos como os defensores dos sionistas dizem, fato em 2011 : https://m.youtube.com/watch?v=-XjHq5zdxKw

Em 20012: https://m.youtube.com/watch?v=-XjHq5zdxKw

Tem inúmeros fatos sobre os crimes de Israel, mas aqui uma questão, por que o ISIS nunca atacou o país sionista onde é próximo, mas atacou vários lugares distantes do mundo, sendo que Israel faz o mesmo ao não atacar o ISIS, nem sob alegação de defesa preventiva quando atacou as bases de Saddan nos anos 80?

Porque ela fornece armas a esses terroristas como faz com os terroristas sírios que matam cristãos, tudo para desestabilizar os concorrentes no Oriente Médio. Pesquisa! Por Paulo Freitas

José Atento disse...

"Vc não passa de um agente sionista, um dos milhares que propagam a desinformação da elite judaica que comanda os dois lados imperialistas, os capitalistas e comunistas ..."

Hahahahahahahaha ... ha ... ha ... Hahahahahahahaha !!!!

Paulo Freitas, amigo, não, a fessora está errada. Abraços.